Desde 1946, a ISO (International Organization for Standardization) padroniza e promove a qualidade no mundo inteiro. São mais de 11 países adeptos da organização e que seguem as regras estipuladas por ela. A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) representa as questões nacionais na organização internacional.

A família de normas ISO tem uma série denominada 9000, de onde parte o padrão da ISO 9001, voltada aos sistemas de gestão da qualidade para empresas de diversos setores. O objetivo principal da ISO 9001 é padronizar processos e manter a melhoria constante das práticas para suprir as necessidades do cliente. Ela serve para alcançar o nível máximo de satisfação na ponta final da cadeia de consumo, onde se situa o cliente, o que significa ajustar todos os processos de produção, desde o início. A implantação de um sistema de gestão de qualidade (SGQ) leva a isso.

Com fundamentação no sistema ISO, que também abrange uma infinidade de ações, aqueles processos direcionados ao setor da Construção Civil foram contempladas por uma norma específica: a PBQP-h (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat).

O Brasil assinou, em 1996, a Carta de Istambul durante a Conferência do Habitat. Desde então criou-se no país a PBQP-h, como instrumento para se organizar o setor da Construção Civil com foco nas boas práticas  e em dois aspectos principais: a qualidade do habitat habitacional e a modernização produtiva do setor.

Serviços prestados pela TARGET:

  • Estudo do Perfil e Situação Organizacional da Empresa
  • Desenvolvimento do Projeto de Implementação
  • Planejamento de Implementação
  • Mapeamento de Processos Internos
  • Padronização de Processos
  • Desenvolvimento do Plano de Comunicações
  • Treinamento de Pessoal Interno
  • Formação de Lideranças
  • Apresentação Formal do SGQ
  • Simulação do Processo de Auditoria de Verificação de Conformidade e de Certificação

BENEFÍCIOS PROPORCIONADOS PELA CERTIFICAÇÃO

O PBQP-H, Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat, é um instrumento do Governo Federal para cumprimento dos compromissos firmados pelo Brasil quando da assinatura da Carta de Istambul (Conferência do Habitat II/1996). A sua meta é organizar o setor da construção civil em torno de duas questões principais: a melhoria da qualidade do habitat e a modernização produtiva” (BRASIL, 2012).

Reconhecimento de mercado:

Um dos mais importantes aspectos relativos a implementação do PBQP-H e do ISO 9001 em construtoras é o reconhecimento mercado proporcionado por estas certificações. Ao se tornar uma empresa certificada o mercado passa a reconhece-la como empresa séria, focada na qualidade  e no atendimento integral das necessidades de mercado, incluindo aí, a produção de edificações produzidas com materiais duráveis e com menor desperdício de materiais e mão de obra. A empresa passa a ser tornar uma organização diferenciada quando conquista as certificações PBQP-h e a ISO 9001. O público consumidor passa a perceber que esta organização está em outro patamar, quando comparada com seus concorrentes.

Moradia e infra-estrutura urbana de melhor qualidade:

A baixa qualidade de materiais e obras da construção civil gera habitações e infra-estrutura urbana inadequadas, comprometendo a qualidade de vida da população, principalmente os segmentos de baixa renda. A modernização  do setor da construção civil gera, portanto, significativo impacto social, ao ampliar o acesso a moradias de qualidade e tornar o habitat urbano um ambiente mais sustentável.

Redução do custo com melhoria da qualidade:

Com a redução do desperdício de materiais e melhoria na qualificação das empresas construtoras, é possível reduzir custos das unidades habitacionais e efetivamente obter melhorias na qualidade. Com isso, espera-se que os recursos atualmente empregados nos financiamentos habitacionais possam atender a uma parcela maior da população, contribuindo para a redução do déficit habitacional.

Aumento da produtividade:

A implantação dos programas e sistemas da qualidade do PBQP-Habitat resulta em significativa melhoria nos processos de produção de materiais de construção e na execução de obras. A redução do desperdício, dos prazos de execução de obras e do custo global do produto final são também conseqüência de um maior investimento na própria estrutura organizacional e gerencial, melhorando as condições e relações de trabalho no setor.

Qualificação de recursos humanos:

Um dos maiores benefícios percebidos pelo setor da construção civil com a adoção dos programas e sistemas da qualidade do PBQP-Habitat é o envolvimento de seus recursos humanos com a melhoria contínua da qualidade. Isso passa pela assimilação da cultura da qualidade por todos os níveis da organização, através de programas de treinamento e capacitação.

Modernização tecnológica e gerencial:

Um dos objetivos do PBQP-Habitat é criar um ambiente propício à inovação e melhoria tecnológica, por meio do fortalecimento da infraestrutura laboratorial e de pesquisa. Mas o Programa procura também estimular o aperfeiçoamento de tecnologias de organização, métodos e ferramentas de gestão no setor.

Defesa do consumidor e satisfação do cliente:

 A adoção de políticas sistêmicas de qualidade para a cadeia produtiva protege os direitos do consumidor de materiais de construção e dos compradores de unidades habitacionais, ao garantir um maior grau de confiabilidade desses produtos. Com isso, o setor pode implementar políticas de satisfação da clientela, atendendo de forma mais efetiva as necessidades e expectativas da população.

UTILIZE O FORMULÁRIO PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO.

    SEU NOME:
    SUA EMPRESA:

    SEU TELEFONE OU WHATSAPP:

    ANEXAR DOCUMENTOS:

    SUA MENSAGEM: